não faz qualquer sentido,sabem?

É complicado e complexo. São vozes que já não se ouvem. São passos lentos. Seguidos de uns mais apressados. Não são rápidos. Penso que são passos de quem quer ficar, ou então quem ainda não quer ir ou não sabe para onde ir. Agora sinto quente. Como se de uma respiração se tratasse. Talvez a minha a tentar fazer-se passar por outra, ou então seja mesmo outra, vinda do pretérito perfeito. Vejo também sombras e tenho a certeza que as reconheço. Sei que sim. Num outro tempo,vivi nelas e elas em mim. Se é que isto faz algum sentido. Mais uma vez digo,é complicado e um pouco surreal.Agora, não oiço nada. Ou melhor, oiço água a cair. Acho que não é uma fonte.Parece-me que alguém chora. Vejo manchas de sal sob a cama. Não estou doida, sei que não. Mas também não estou de cabeça sã. Continuo a ouvir as vozes, sei de cor os passos apressados e o quente continua quente e frio ao mesmo tempo, tal como acontece quando se respira. Continuo a ver as sombras e reparei que são ainda mais familiares do que à segundos atrás. A água já não corre, mas as manchas permanecem. Tenho sono. Secalhar é isso. Ouvi chamarem de insónias e também de memórias. Aposto na segunda.

17 comentários:

  1. as vezes pode fazer mais sentido de que aquilo que pensas, só ainda não sabes.

    ResponderEliminar
  2. Bonito texto, gostei.
    Força para ti.

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada Patrícia, sabe tão bem saber isso :)

    ResponderEliminar
  4. que posso eu dizer querida? está lindo :')

    ResponderEliminar
  5. fogo, esta mesmo lindo, esta mesmo lindo! *
    sim tenho até sido uma menina forte, tenho me surpreendido porque tenho me aguentado, tenho estado melhorzinha :x

    ResponderEliminar

deixa que as tuas ideias e pensamentos se direcçionem para a ponta dos teus dedos,e aqui,os deposites :)