14:34#

Vim deixar-te um recado junto das fotografias na parede. E não é que eu me preocupe se o nosso amor ainda dá sinais debaixo da tua pele, nas noites de trovoada. Como dá debaixo da minha, ás vezes. Não é que eu me preocupe, sabes. Com isso e com a tua maneira de utilizar as palavras para chegares a nós - "porquê que não tentas ter outra vez o que tinhas?" e eu respondo que -"são momentos que já passaram, que não voltam atrás, percebes?"- e tu dizes que sim. "mas que as coisas podiam ser melhores, com esforço" e eu sorrindo faço um bocadinho de força para os restos do meu amor que ainda corre nas veias, não saltar e correr para ti. Juntar-se ao bocadinho que corre em ti. Porque ás vezes ele tem essa vontade. Quando chove e quando está tempo de trovoada. Mas oh, vim só deixar-te um recado a dizer que a minha alma preocupa-se com a tua. Independentemente de já não pertencerem uma á outra e, de já não ouvirem o som da chuva a bater no telhado juntas. Ela preocupa-se com a tua distraída alma. E essa preocupação já deixou de ser amor. Já deixou de pertencer ao resto de amor que corre nas veias. É diferente. É da minha alma para a tua, com um bocadinho de carinho. Não te esqueças.

21 comentários:

  1. olha, cada vez escreves melhor, sabes? eu gosto muito de ti:)

    ResponderEliminar
  2. perfeito! ás vezes já não há volta a dar..

    ResponderEliminar
  3. Gostei tanto, mas tanto... Escreves com um carinho gigante :) Parabe'ns

    ResponderEliminar
  4. oh embora tenha andado um pouco afastada,não é? e não tens nada que agradecer,já sabes que eu estarei sempre aqui, sempre que poder, sempre que conseguir:')

    ResponderEliminar
  5. oh patricia tens uma alma tão bonita de ler

    ResponderEliminar
  6. ela é que foge de mim oh. e tão bom ler isso, que não venho aqui escrever por acaso...que há alguém que goste e,ainda melhor, que se identifique:) claro,tu sabes, nós sabemos, merecemos bem melhor que isto. e obrigada por tudo também,sim? sabes que eu sempre te levarei com um exemplo de força. sempre.:)

    ResponderEliminar
  7. oh amor, ainda bem. e oh, obrigada de coração pequenina. de coração <3

    ResponderEliminar
  8. Exactamente, ás vezes é o melhor :)

    ResponderEliminar
  9. "E não é que eu me preocupe se o nosso amor ainda dá sinais debaixo da tua pele, nas noites de trovoada." patrícia, isto aqui está lindo e olha sabes, havemos sempre de nos preocupar com quem amamos, mesmo que esse amor já não nos pertença:)

    ResponderEliminar

deixa que as tuas ideias e pensamentos se direcçionem para a ponta dos teus dedos,e aqui,os deposites :)